SC possui a terceira pior média de público da Serie A

Torcida do Tigre faz show e lidera médias em toda a Santa Catarina
Foto: Divulgação/Criciúma EC

Torcida de clube que disputa a Série B Estadual aparece no Top 10 Catarinense

Santa Catarina vem fazendo bonito nas arquibancadas. Com estádios limitados que não possuem estruturas para receber um número expressivo de torcedores, o Estado vem contando com o apoio incondicional dos seus adeptos . Isto, porém, não vem sido o suficiente para manter SC em uma boa posição no ranking de média de públicos.

Pela Série A, a limitação das estruturas se mostra mais do que visível, deixando o estado extremamente abaixo de clubes do eixo RJ-SP, que encabeçam a lista, junto ao Rio Grande do Sul. Na Série B, o Estado é está atrás de quatro nordestinos e dos cariocas. Pela Série D, menos de mil torcedores acompanham as partidas, deixando o Estado em posição intermediária.

Confira também, no final da matéria, média de todos os catarinenses em 2014.*

Série A: Figueirense deixa a desejar
Após 17 partidas como mandantes, os catarinenses ocupam a 8ª colocação, tendo menos da metade da média que os líderes: os paulistas. Em 17 confrontos dentro de casa – contabilizando os jogos do Figueirense longe do Orlando Scarpelli -, os catarinenses trouxeram pouco mais de 146 mil espectadores, resultando numa média de 8.600 torcedores por partida.

O time com maior média no Estado é o Criciúma que, sozinho, levou quase a metade (46%) dos torcedores catarinenses ao Estádio. Em seguida vem a Chapecoense (37%), que detém a melhor média dentre as três equipes catarinenses. Em má fase, o Figueirense (17%) possui a terceira pior média do Brasileirão, à frente apenas de Botafogo e Atlético-PR.

Estados com melhores médias na Série A
1. SP – 4 times: 16.152 torcedores (25 jogos)
2. RS – 2 times: 16.791 torcedores (12 jogos)
3. RJ – 3 times: 15.360 torcedores (17 jogos)
8. SC – 3 times: 8.604 torcedores (17 jogos)

Números do Joinville salvam SC na Série B
Pela Série B, Santa Catarina ocupa a quinta colocação entre os onze estados que contam com representantes na competição. Quem lidera a média é o Maranhão, que conta com apenas um representante – o time que mais leva torcida aos estádios na competição -, o Sampaio Corrêa. Na sequência, Pernambuco (2 times), Rio de Janeiro (1) e Ceará (2) possuem média superior à apresentada nos doze jogos disputados em solos catarinenses.

Fazendo boa campanha na competição, o JEC vem repetindo os feitos do Catarinense, onde possuiu a melhor média de público, e vem fazendo bonito na Série B. O tricolor possui a quinta melhor média dentre os 20 clubes que disputam a Segundona, sendo responsável por por 71% do público catarinense. Dono dos outros 29%, o Avaí aparece apenas em 11º na pesquisa.

Estados com melhores médias na Série B
1. MA – 1 time: 13.290 torcedores (7 jogos)
2. PE – 2 times: 8.396 torcedores (12 jogos)
3. RJ – 1 time: 8.020 torcedores (4 jogos)
4. CE – 2 times: 5.673 torcedores (13 jogos)
5. SC – 2 times: 5.641 torcedores (14 jogos)

Série D tem sido um fracasso nas arquibancadas
23 estados contam com representantes na Série D do Campeonato Brasileiro. Os líderes de média de encontram nas regiões norte e nordeste. O melhor estado fora deste eixo se encontra no sul: o Paraná, quinto colocado. Os catarinenses, que contam com Metropolitano e Guarani de Palhoça, aparecem na 11ª colocação, com média inferior a mil torcedores.

Fraca no público, a Série D possui média de 1500 torcedores por partida após duas rodadas completas. Algumas equipes possuem renda líquida negativa após partidas em casa (o Barueri, por exemplo, ficou com a rende de 11 mil reais negativos). Em Santa Catarina, o Metrô levou 1400 torcedores na sua estreia diante o Boavista: 87% dos torcedores do Estado na competição. O restante equivale ao baixo público que acompanhou Guarani 1×1 Maringá, no último domingo (27).

Estados com melhores médias na Série D
1. PE – 2 times: 6.525 torcedores (2 jogos)
2. PA – 1 time: 4.627 torcedores (1 jogo)
3. MA – 1 time: 3.997 torcedores (1 jogo)
11. SC – 2 times: 1.697 torcedores (2 jogos)

Clube da Segundona de SC ingressa no Top 10 Estadual
Uma iniciada a Segundona do Campeonato Catarinense, o FutebolSC.com atualizou a média de públicos, contabilizando os times que a disputam. Os números não são tidos como oficiais, uma vez que a falta de divulgação dos clubes não auxilia a pesquisa. Outro fator determinante é o fato de que muitos clubes jogaram de portões fechados.

Equipe – Média (Jogos)
1. Criciúma – 8.774 (16)
2. Joinville – 7.884 (16)
3. Chapecoense – 6.618 (16)
4. Figueirense – 5.997 (16)
5. Avaí – 3.082 (19)
6. Metropolitano – 2.123 (9)
7. Internacional – 2.096 (1)
8. Marcílio Dias – 1.616 (9)
9. Brusque – 942 (9)
10. Atlético de Ibirama – 685 (9)
11. Blumenau – 654 (1)
12. Juventus – 537 (9)
13. Hercílio Luz – 278 (1)
14. Guarani – 215 (3)
15. Caçadorense – 64 (2)
16.Camboriú – 0 (1)
16. Concórdia – 0 (1)
17. Atlético Tubarão – 0 (2)
17. Canoinhas – 0 (2)
17. Porto – 0 (2)

*Todos os dados da pesquisa não são tido como oficiais.

Fonte: http://www.srgoool.com.br/

: Futebol SC

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*