Lançamento da pedra fundamental em Garuva marca a chegada da LS Tractor no país

Crédito: James Tavares / SECOM
Crédito: James Tavares / SECOM
Crédito: James Tavares / SECOM
Crédito: James Tavares / SECOM
Crédito: James Tavares / SECOM
Crédito: James Tavares / SECOM

O governador Raimundo Colombo participou nesta quarta-feira, 27, em Garuva, do lançamento da pedra fundamental da primeira fábrica de tratores da LS Tractor no Brasil. Pertencente ao grupo sul-coreano LS Mtron, o empreendimento conta com investimentos de US$ 30 milhões e deve gerar inicialmente 100 empregos diretos e mil indiretos. A empresa foi beneficiada pelo Governo do Estado com incentivos fiscais do programa Pró-Emprego e com isenção de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ICMS) em operações de importação de produtos comercializados no Brasil e de matéria-prima industrializada no Estado.

Raimundo Colombo afirmou que a chegada da LS Mtron consolida o desenvolvimento do Estado na geração de emprego e renda. “Para nós, é muito importante trazer a tecnologia da Coreia, referência para o mundo. Santa Catarina é modelo de produção agrícola. Apesar de ter 1% do território brasileiro, somos o 5º maior produtor de alimentos. Quando se abre uma indústria, se criam muitas oportunidades. Essa empresa em Garuva é um reconhecimento pelo trabalho do nosso povo.”

No ano passado iniciou o projeto de construção da unidade, que deve entrar em operação no mês de agosto. A fábrica brasileira terá capacidade para produzir cinco mil unidades por ano de tratores de 25 a 100 cavalos de potência. A empresa já tem um plano ousado de crescimento no mercado interno: planeja contratar, até 2020, um total de 400 empregados na unidade catarinense. Com uma estratégia que prevê um crescimento anual de 24% nas vendas, o LS Mtron estima ter 9% do mercado até 2016 e ser a líder em 2020, com 15% do mercado de tratores do Brasil.

Para o presidente mundial da LS Mtron, Jae Seol Shim, a colocação da pedra fundamental é o segundo mais importante passo que a fábrica está dando para a concretização de seu projeto. O primeiro, segundo ele, foi em 2010, quando iniciaram os estudos de viabilidade econômica do projeto. “A instalação desta unidade fabril no Brasil significa bem mais que uma nova fábrica, mas a abertura de novas fronteiras e desafios. Queremos aqui propor a união de forças para juntos construirmos um presente e futuro promissor. E muito em breve estaremos dando o terceiro passo desta jornada, que é a inauguração da nossa empresa.”

Inicialmente, a pretensão do empreendimento é atuar nos mercados de São Paulo, Santa Catarina, Minas Gerais e Rio Grande do Sul. Em uma segunda etapa, o grupo planeja também produzir em Garuva máquinas injetoras e componentes de automóveis. O presidente do grupo LS Mtron no Brasil, Jung Soo Yoo, disse que a escolha para a instalação da fábrica em Santa Catarina foi motivada porque o Estado possui produtores rurais com alto grau de profissionalização e que a cada ano buscam novos equipamentos para o trabalho na terra. “Queremos dizer que viemos para uma relação duradoura de parceria positiva, pois queremos oferecer aos produtores qualidade e inovação e também fazer parte do processo econômico do Brasil.”

Saiba mais – A LS Mtron é uma das principais indústrias do grupo LS, originário da coreana LG Electronics. Uma empresa global que é o 13º maior grupo empresarial da Coreia do Sul com vendas anuais acima de US$ 30 bilhões e com mais de 21 mil funcionários em todo o mundo. Atua no segmento de máquinas e eletrônica. Uma das suas subsidiárias é a Divisão de Tratores, a LS Tractor, que é a maior fabricante deste produto da Coreia do Sul, com capacidade de produção de 50 mil tratores/ano, fabricando tratores que vão de 23 a 100 cavalos que oferecem tecnologia embarcada presente hoje somente em tratores de grande potência. A exemplo do que já fornece em outros países, o objetivo da empresa é fazer com que os pequenos e médios produtores bem como agricultores familiares brasileiros também tenham acesso a esta tecnologia.

Informações adicionais:
Elisabety Borghelotti
Secretaria de Estado de Comunicação
E-mail: bety@secom.sc.gov.br
Telefone: (48) 3665-3045