Humberto Costa anuncia frente em defesa do SUS e denuncia desmonte de órgão fiscalizador

O senador Humberto Costa (PT-PE) comemorou nesta quinta-feira (9) o lançamento, na Câmara dos Deputados, da Frente Parlamentar em Defesa do SUS, o Sistema Único de Saúde. O objetivo, disse, é evitar retrocessos que venham a ser promovidos pelo governo interino de Michel Temer.

O senador se referiu às declarações do Ministro da Saúde, Ricardo Barros, segundo as quais o Estado brasileiro não tem mais condições de garantir o acesso universal à saúde previsto na Constituição.

Para Humberto Costa, isso significa a intenção clara de privatizar os serviços de saúde, desmantelando o SUS. E a primeira medida já foi tomada, acrescentou o senador, mencionando a demissão de sete dirigentes do Departamento de Auditoria do SUS, órgão fiscalizador que trabalha pela correta aplicação dos recursos do sistema.

— É um caça às bruxas determinado a deixar vulnerável a administração às práticas execráveis que hoje o Brasil se esforça a combater. É retrocesso atrás de retrocesso.

Por: Senado Federal